segunda-feira, 20 de julho de 2009

ABRAÇO DE DEUS



E abraçada de infinito por inteiro,
olharei para tudo
e direi obrigada.
Em volta,
sinto o aroma de todas as presenças.
Os olhos,
só conseguem ver azul.


Os ouvidos,
só acolhem o bem.
As mãos se abrem
para receber tudo como presente.
Os pés,
caminham na direção almejada.
E abraçada de infinito por inteiro,
olharei para tudo
e encontrarei o Céu em cada um.

(Rosa Maria Ramalho)

Um comentário:

  1. Amiga, essa poesia me transportou aos retiros que fazia... era extatamente essa a sensção no final.

    ResponderExcluir