segunda-feira, 27 de julho de 2009

ELEVAR A VOZ

(Pensando em Dom Helder)

São palavras de vida
Que degustas e recolhes.
Plantar sementes para o amanhã
E esperar que árvores cresçam,
Dia após dia,
Silenciosas.

Eis que uma voz se levanta, ouça!
Ela vem calma, terna.
Como frutos maduros e engravidados
São suas consoantes.

(Rosa Maria Ramalho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário