segunda-feira, 3 de agosto de 2009

FLORES DE INVERNO

Quando a primavera chegar,
Que chegue com ela às flores,
o canto dos pássaros, novos amores.

Se o inverno demorar a passar,
nele também se encontram flores
próprias de seu tempo.

Todas as flores têm seu tempo para abrir,
todo sofrimento tem seu tempo pra passar
todo amor a eternidade pra durar.

As folhas caíram,
outras nascerão no seu lugar,
assim a vida se renova e o tempo se vai.

Se a primavera chegar
e a sombra do inverno estiver no coração
não poderei vê-la.

O pássaro não cantará em vão,
o sol não deixará de brilhar,
nem a flor de desabrochar
se eu não abrir as janelas do coração.

Diante da luz tudo se mostra,
com o coração aberto, tudo se vê:
trilhas na escuridão,
flores próprias de seu tempo.
(Rosa Maria Ramalho)

Um comentário:

  1. Linda poesia... Consegues traduzir o inverno da alma e ao mesmo tempo, a esperança que dorme embaixo da neve...

    Que a primavera chegue logo, minha amiga...

    ResponderExcluir